Desculpas
O dia já estava nascendo, quase seis da manhã, quando batem à porta. A mulher atende e vê o marido com aquela cara de que a noite foi boa: completamente bêbado, o cabelo bagunçado, a roupa amassada, cheio de marcas de batom e com um cheiro forte de perfume feminino. Muito louca da vida, a mulher grita:

- Vai, canalha, fala!! Agora eu quero ver você me dar UM, pelo menos UM motivo pra chegar as seis da manhã em casa!!!

Ele responde, sem pensar duas vezes:

- Ué, o café da manhã, oras!

publicado por brpalavrassoltas às 03:36